Contratar energia e água em Portugal

Quando nos mudamos para uma casa nova é provável que tenhamos de contratar os serviços básicos essenciais, tais como a energia e a água. Na verdade, para muitas pessoas este tema pode ser um pouco complicado principalmente quando não estão familiarizados com o assunto.

O mercado de energia elétrica em Portugal está cada vez mais competitivo, pois o aparecimento de novos fornecedores de energia tem sido uma constante, e isso pode gerar muitas dúvidas aos consumidores que acabam de alugar ou comprar um imóvel e pretendem contratar energia.

Com o mercado repleto de fornecedores, preços e ofertas, por onde se deve começar se quiser ligar a energia em casa?

Como se pode fazer um contrato de energia em Portugal?

Se vai viver para Portugal ou se simplesmente vai mudar de casa, o primeiro passo é saber se já existe energia no local ou se por outro lado, tem de fazer a ligação do fornecimento de energia.

  • Se já tem energia no local, o aconselhável é pedir a mudança do titular do contrato de luz para o nome do novo titular. Se tiver uma fatura do titular anterior, é mais fácil. Basta contactar com a empresa que está a fornecer energia no local, e solicitar a alteração do nome do contrato.
  • Se o local não tem energia, deve contactar diretamente com uma empresa de energia e pedir a ligação da eletricidade. Neste caso pode ser útil que tenha o código ponto de entrega, ou CPE, que é um número que identifica a instalação elétrica. Este código pode ser solicitado à distribuidora de energia em Portugal, a E-REDES.

Antes de proceder à contratação de eletricidade, deve-se averiguar o que o mercado oferece, e fazer uma comparação de preços de luz e gás, para garantir que não contrata o serviço mais caro. Por isso, pode contactar com a Selectra, especialista na comparação de tarifas de energia e telecomunicações em Portugal e Espanha, que gratuitamente, pode ajudar a gerir os seus contratos.

Pontos importantes na contratação de energia:

  • Saber o tipo de tarifa mais vantajosa para o seu caso. As mais comuns são as tarifas simples, onde o valor do kWh é o mesmo todos dias, ou as tarifas bi-horárias cujo preço da energia varia por horas e por dias, sendo que existem dois ciclos horários à escolha: diário e o semanal.
  • Saber a potência contratada. A potência contratada é um valor fixo que vem incluído na fatura da luz mesmo quando não se consome energia elétrica. A potência permite que se possa usar vários eletrodomésticos ao mesmo tempo sem que o quadro elétrico deixe de funcionar. No entanto, e como existem vários tipos de potência, muitos consumidores têm contratada uma potência superior à que necessitam, e acabam por pagar mais por isso. É importante que saiba ao certo qual a potência que deve contratar.

Após a entrega dos dados, e do pedido de ligação ser efetuado, receberá um agendamento por parte da distribuidora de energia que, no dia e hora marcada, irá ao local fazer a ligação da energia.

E o contrato de água, como se faz?

O mercado do serviço de água em Portugal é um pouco diferente do da energia. Neste caso, ainda não é um mercado livre, ou seja, não pode escolher a empresa de água, nem as tarifas, já que a rede de abastecimento de água é da responsabilidade dos diferentes municípios do país.

Portanto, se desejar contratar este serviço em Portugal, deve saber a que município pertence e dessa forma, fazer o contrato de fornecimento de água com a câmara municipal.

O contrato de água é mais simples de realizar, já que o titular do contrato apenas deve apresentar os seguintes documentos:

  • Cartão de cidadão ou identificação nacional.
  • Contrato de arrendamento ou escritura de compra e venda da propriedade.

Apesar da ligação da água não demorar muito, deve fazer o seu pedido com maior brevidade possível. O recomendando será de 15 días.

Os contratos de energia e água em Portugal não apresentam qualquer custo para os consumidores.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.